17 de jun de 2013

Falando Sobre a Música: Apesar de Você

Faaaaaaala feras!

Estamos iniciando, aqui no Fala Fera, o “Falando Sobre Música“, que será uma área do nosso site falando à respeito de alguma música ou banda.

E nesse primeiro episódio, vamos falar sobre a música “Apesar de você” de autoria de Chico Buarque!

 
Imagem do disco de Chico Buarque de 1978
Eu escolhi essa música, principalmente devido aos últimos acontecimentos. Se você não sabe o que está acontecendo, vou resumir um pouco a história:
Há algumas semanas, a prefeitura de São Paulo aprovou o aumento da tarifa de ônibus, passando de R$ 3,00 para R$ 3,20. Isso causou uma série de manifestações PACÍFICAS contra o aumento da tarifa. Porém, devido à falta de preparo por parte da polícia militar/civil, os manifestantes acabaram sendo agredidos por essas “autoridades”, simplesmente por estarem se utilizando de um direito de todos: PROTESTAR!
Desde então, diversas outras passeatas foram e estão sendo realizadas no país para protestar, não somente pelo aumento da tarifa, mas também por todos os outros problemas que estamos enfrentando aqui no Brasil.
Sei que há manifestantes que querem simplesmente entrar em confrontos ou então incitar atitudes de vandalismo e NÃO ACEITO ESSE TIPO DE ATITUDE! Não devemos nos rebaixar à esse ponto, para protestar! Devemos chamar a atenção da população para que ela PARE DE FICAR RECLAMANDO do governo e comece à tentar mudar um pouco a história!
Estou muito feliz que finalmente isso está acontecendo, e que as pessoas estão acordando!
Voltando para o assunto inicial, a música “Apesar de Você“, quer retratar exatamente o que aconteceu na época em que foi gravada (época da ditadura militar – 1970). Tratando sobre a falta de liberdade que a ditadura impunha sobre todos. Porém, podemos analisar essa música, no ponto de vista desses acontecimentos que mencionei acima.Vejam o seguinte refrão:
Apesar de você / Amanhã há de ser / Outro dia / Eu pergunto a você / Onde vai se esconder / Da enorme euforia / Como vai proibir / Quando o galo insistir / Em cantar /
Água nova brotando / E a gente se amando / Sem parar

É isso que estamos presenciando! O povo (o galo) está insistindo em cantar mesmo depois de apanhar tanto! Não há como parar a enorme euforia que virá junto com o povo! Como poderá proibir/impedir isso?

Quando chegar o momento / Esse meu sofrimento / Vou cobrar com juros, juro / Todo esse amor reprimido / Esse grito contido / Este samba no escuro

É o que o povo está fazendo. O povo se cansou de ficar calado diante de tanta corrupção e omissão por parte das autoridades, frente à tantos problemas sociais! Não estão protestando por causa de R$ 0,20, estão protestando por tudo o que envolve esses R$ 0,20 a mais de cada passageiro. Todos já se cansaram de pagar cada vez mais caro e não perceberem melhorias! Agora chegou o momento do povo cobrar os juros que as autoridades estão nos devendo por anos!

Apesar de você / Amanhã há de ser / Outro dia / Você vai se dar mal / Etc. e tal

(Desculpem pelo desabafo!)


Confiram a música e acompanhem a letra!


Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu
Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro
Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
La, laiá, la laiá, la laiá
--
Conheça a obra desse grande artista através de seus discos! Compre e nos ajude com uma comissão através de nosso link do Submarino!

Segue abaixo um link com várias manifestações que acontecerão nessa próxima quinta-feira!
http://www.facebook.com/events/182780045218967/
Um grande abraço à todos!